22 - Vergonha

Vergonha?

 

 

Vergonha é um sentimento que todos já experimentamos em algum momento da vida. Um sentimento que surge toda vez que nos sentimos “diminuídos”, seja por cometermos um erro ou por situações vexatórias que são inevitáveis. Um sentimento que é difícil de disfarçar, pois nos faz ficar ruborizados e com aquela vontade de “sumir” instantaneamente diante do constrangimento.

Entre tantas coisas que podem nos envergonhar, está a nossa fé. Embora o nosso país seja de maioria cristã, muitos não aceitam mais a posição dos valores cristãos em determinados assuntos, como sexualidade, casamento, aborto, etc. Quem os defende pode virar alvo de piadas e todo o tipo de constrangimentos por causa do evangelho. Por isso, muitos cristãos se calam nessas situações.

O apóstolo Paulo vivenciou uma época em que ser cristão era motivo de vergonha pelo fato de Cristo ter sido crucificado. Além do mais, cristãos eram duramente perseguidos, a ponto de crer em Cristo ser praticamente uma sentença de morte. Por isso, muitos tinham que esconder sua fé para preservar sua integridade.

Nesse contexto tão difícil, Paulo diz em Romanos 1.16: “Eu não me envergonho do evangelho, pois ele é o poder de Deus para salvar todos os que creem.” Mesmo correndo todo tipo de perigos, Paulo não se envergonha de sua fé. Com muita inteligência, ele não perde a oportunidade de mostrar o amor de Deus em Cristo para todos que cruzam o seu caminho.

Hoje, muitos querem constranger aqueles que defendem o evangelho de Cristo como ele é. Não tem problema, pois para quem tem Cristo em seu coração a fé nunca será motivo de vergonha, e sim, de poder de Deus: fonte de vida, paz, esperança e salvação. Por isso, não sinta vergonha de crer em Deus e acreditar em sua palavra, mas sinta todo o amor de Deus por você em cada palavra do seu evangelho de salvação para todo pecador. Amém.

Capelania São Mateus