Por que Senhor?


11 - 14-3-19

 

Diante de tragédias como a da Escola Estadual Raul Brasil em Suzano, SP, uma pergunta que vem a mente é porque Deus permite que tais coisas aconteçam. Na verdade, seria bom que tivéssemos a resposta, mas a não temos. Nenhuma explicação, seja da Bíblia ou dos tidos como “especialistas”, que vem a mídia sempre tentando explicar o inexplicável, será capaz de minorar a dor daqueles que perderam seus filhos e familiares de forma tão bárbara e vã.

Sempre que situações assim ocorrem me vem a mente uma antiga história que talvez você já tenha visto circulando em alguma rede social, onde um professor ateu teria dito aos seus alunos que a existência do mal é a prova de que Deus não existe. Tal afirmação fez um aluno perguntar ao professor de o frio e a escuridão existem, e o professor respondeu que sim, de forma bem irônica, mas o aluno argumenta que tanto o frio como a escuridão não existem, pois diante da física, o frio é o resultado da ausência de calor e a escuridão da ausência da luz, concluindo que o mal é apenas o resultado de uma vida na ausência de Deus.

De fato, todo o mal tem sua origem no pecado, que nada mais é do que o resultado do afastamento do ser humano de Deus. Saber disso não diminui a dor, nem traz algum consolo. Mas as palavras do Sl 118.8: “​Melhor é buscar refúgio no SENHOR do que confiar no homem”; de Jesus em Mt 28.20: “E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.” Podem trazer algum alento, na certeza de que, mesmo nos momentos mais difíceis, Jesus está conosco, e é melhor estar com Deus na dor que do estar só.

Que a paz de Deus traga consolo a todos e forças para seguir. Amém.

Pastor André Silva

capelania@saomateus.g12.br