24 - O melhor Refúgio

O melhor Refúgio

 

     2020 não está para brincadeira: a mata queimou, o vírus chegou, a terra tremeu, o vento soprou, a crise desempregou, o fertilizante explodiu… o que mais vai acontecer? Não sabemos, mas como diz o ditado, “nada é tão ruim que não possa piorar”. A prova disso são todos os que se aproveitam da desgraça para desviar dinheiro, superfaturar, explorar e lucrar com notícias sensacionalistas que se aproveitam da desgraça alheia.

      E nós, como ficamos em meio a tudo isso? Perdidos… desanimados… assustados… apreensivos… talvez sem saber o que fazer, em quem acreditar, para onde seguir.

      Esses sentimentos são comuns em tempos difíceis, onde tudo dá errado e a solução parece estar muito longe de acontecer. Um sentimento bem conhecido pelo povo de Israel no Antigo Testamento. Eles enfrentaram muitos momentos difíceis. Foram para o Egito para escapar da fome e se tornaram escravos. Foram libertos por Moisés e ficaram 40 anos no deserto. Entraram na Terra prometida e foram novamente escravizados pela Assíria e Babilônia. Depois foram tomados pelos gregos e romanos.

      Em todos esses momentos difíceis, quando acontecia uma tragédia depois da outra, eles sabiam onde encontrar ajuda, orientação, conforto e segurança: em Deus. Por isso o povo canta no Salmo 46.1: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.”

     Mesmo que pareça que o mundo esteja desabando, quando estamos cercados de notícias nada animadoras, é preciso confiar em Deus, pois ele é o nosso melhor refúgio, onde encontramos socorro para nossas maiores aflições. Ele é orientação e consolo, paz e esperança para todos nós, em todos os tempos e em qualquer situação. A prova disso está na Cruz. Pense nisso. Amém.

Capelania São Mateus